Derretimento das montanhas impedem Waldemar Niclevicz de finalizar a escalada de todos 4 mil dos Alpes este ano

0

Montanhista paranaense deixará para o próximo ano a missão de finalizar a escalada de todas as montanhas de 4 mil metros dos Alpes faltando apenas 4 cumes!

O montanhista paranaense Waldemar Niclevicz teve que adiar a finalização de seu projeto de escalar todas as montanhas acima de 4 mil metros dos Alpes. O motivo é o risco de quedas de pedras nas montanhas que estão ocorrendo devido ao derretimento rápido do gelo nas montanhas da Europa.

“É a neve congelada que segura as pedras, quando ela derrete totalmente, as pedras caem sem parar, o dia inteiro, algumas pequenas, outras gigantescas. É o quinto ano consecutivo que os Alpes são acometidos por invernos muito secos e verões extremamente quentes, suas montanhas estão literalmente se desmoronando, tornando o alpinismo algo cada vez mais perigoso.” Disse Niclevicz em seu site.

Waldemar Niclevicz na base do Les Droites. Foto Pedro Hauck

As montanhas que faltam para Waldemar são apenas 4: Les Droites, Aiguille Verte, Aiguille Rocheuse e Aiguille Du Jardim, todas montanhas que ficam no Maciço do Mont do Blanc. Waldemar chegou até a base destas montanhas, mas foi praticamente impedido de fazer as escaladas.

As rotas destas montanhas precisam de gelo para serem escaladas, por isso a época adequada é a primavera ou até no máximo o começo do verão, entre Maio e Junho.

Até hoje nenhum brasileiro escalou todas as montanhas de 4 mil metros dos Alpes, que são 82! Apesar de ser um conhecido projeto, cerca de apenas 50 pessoas no mundo já finalizaram o projeto, pois além de envolver um número grande de escaladas, há montanhas muito técnicas e exigentes fisicamente.

Compartilhar

Sobre o autor

Redação - AM

Texto publicado pela própria redação do Portal.

Deixe seu comentário