Inscrições de voluntariado no PARNASO acabam amanhã

0

O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) esta recebendo inscrições para quem deseja trabalhar no Programa de Monitoramento da Biodiversidade no Parque Nacional da Serra dos Órgãos (PARNASO) em 2020. Entretanto, o trabalho é voluntário e as inscrições vão até amanhã (07/02).

Parque Nacional da Serra dos Órgãos – Foto Leandro Goulart

O Programa está presente em todo país e tem o objetivo de “acompanhar o estado de saúde ambiental das áreas protegidas através de indicadores biológicos”. Assim, os voluntários deverão ajudar na coleta de dados dentro do parque. Para isso, eles receberão um treinamento e não devem ter medo de manusear insetos e outros animais. Além disso, eles deverão ter bom preparo físico para caminhar em trilhas de até oito quilômetros por dia.

As inscrições devem ser feitas pelo Portal do Voluntariado do ICMBio. Desta forma, os selecionados ficarão hospedados de 12 a 14 dias dentro do Parque nos mês de março ou abril para o desenvolvimento das atividades.

Todavia, além do Parnaso, o Programa de voluntariado ICMBio está presente em mais de 170 unidades de conservação, em todas as regiões do Brasil.

O Parnaso

Criado em 1939, o Parque Nacional da Serra dos Órgãos está localizado entre Petrópolis e Teresópolis no Rio de Janeiro. Ele abriga inúmeras montanhas como o famoso Dedo de Deus, Pedra do Sino e a Agulha do Diabo e uma extensa fauna e flora. Até mesmo de animais ameaçados de extinção.

Com sua beleza e conservação ele atrai centenas de montanhistas e trekkers todos os anos em busca de aventuras, escaladas, caminhadas, rapeis, entre outra atividades de montanha. O PARNASO possuí mais de 200 quilômetros de trilhas em todos os níveis de dificuldade.  Inclusive uma trilha acessível para cadeirantes, e a famosa Travessia Petrópolis-Teresópolis, com 30 Km de subidas e descidas pela parte alta das montanhas.

Amanhecer Visto desde o Castelo do Açu. Foto Ernesto Castro

 

 

 

Compartilhar

Sobre o autor

Maruza Silvério

Maruza Silvério é jornalista formada na PUCPR de Curitiba. Apaixonada pela natureza, principalmente pela fauna e pelas montanhas. Montanhista e escaladora desde 2013, fez do morro do Anhangava seu principal local de constantes treinos e contato intenso com a natureza. Acumula experiências como o curso básico de escalada e curso de auto resgate e técnicas verticais, além de estar em constante aperfeiçoamento. Gosta principalmente de escaladas tradicionais e grandes paredes. Mantém o montanhismo e a escalada como processo terapêutico para a vida e sonha em continuar escalando pelo Brasil e mundo a fora até ficar velhinha.

Deixe seu comentário