Moeses Fiamoncini parte para o Dhaulagiri

0

Com 8167 metros de altitude, o Dhaulagiri é a sétima montanha mais alta do mundo e fica localizada no Nepal.

Moeses Fiamoncini em Marpha, última vila antes do Dhaulagiri.

O montanhista paranaense Moeses Fiamoncini está no Nepal para escalar o Dhaulagiri, a sétima montanha mais alta do mundo localizada no oeste da pequena nação montanhosa no sul da Ásia.
Fiamoncini vem de uma temporada incrível em ascensões em montanhas acima de 8 mil metros. Em 1 ano ele escalou 4 montanhas, Manaslu, Everest, Nanga Parbat e K2. Nunca um montanhista brasileiro escalou tantas montanhas tão rapidamente. Raros montanhistas no mundo fizeram K2 e Everest na mesma temporada.

O Dhaulagiri, mesmo muito menos conhecida das demais, é um grande desafio. Foi escalada pela primeira vez em 1960 por uma expedição suíça e o único brasileiro que escalou a montanha é a amazonense Cleo Weidlich, porém seu cume é contestado por falta de provas.

Moeses pretende escalar todas as montanhas acima de 8 mil metros, que são 14. O brasileiro com mais cumes de 8 mil é o também paranaense Waldemar Niclevicz, com 7.

Dhalagiri visto de Poon Hill.

Compartilhar

Sobre o autor

Redação - AM

Texto publicado pela própria redação do Portal.

Deixe seu comentário