Azteq lança anoraque resistente e confortável

0

A marca de produtos outdoor brasileira Azteq lançou um anoraque robusto para a pratica de atividades em montanha. O diferencial desta jaqueta é o tecido mais resistente a abrasão, seja do contato com a rocha em uma escalada ou com a vegetação em uma caminhada.

Novo modelo de anoraque é resistente e confortável para usar na montanha ou na cidade.

A Azteq já é conhecida no montanhismo brasileiro por suas barracas e utensílios para camping como os fogareiros, Jet Cooks e canivetes. Porém, a equipe da empresa acompanha de perto as demandas do publico brasileiro e decidiu produzir uma jaqueta que fosse eficiente para as atividades nas montanhas do país.

Assim, foi desenvolvida a jaqueta impermeável e respirável Koblenz. Ela possui proteção de até 5.000mm de coluna d’água e costuras seladas para garantir que o praticante de atividades outdoor fique o mais protegido possível. Além disso, ela também possui um tecido com elasticidade que a torna mais confortável e zíperes na axila para ficar mais respirável.

Por ser um peça confortável, essa é a jaqueta ideal para enfrentar desde uma grande travessia ou escalada até dias mais chuvosos na cidade ou em uma viagem. Até o momento, a peça só esta disponível na cor preta, alternando apenas as cores de detalhes em cordões e zíper. Ele pode ser encontrado na loja AltaMontanha.com nas versões masculina e feminina.

:: Leia também: Como lavar sua jaqueta impermeável?

Compartilhar

Sobre o autor

Maruza Silvério

Maruza Silvério é jornalista formada na PUCPR de Curitiba. Apaixonada pela natureza, principalmente pela fauna e pelas montanhas. Montanhista e escaladora desde 2013, fez do morro do Anhangava seu principal local de constantes treinos e contato intenso com a natureza. Acumula experiências como o curso básico de escalada e curso de auto resgate e técnicas verticais, além de estar em constante aperfeiçoamento. Gosta principalmente de escaladas tradicionais e grandes paredes. Mantém o montanhismo e a escalada como processo terapêutico para a vida e sonha em continuar escalando pelo Brasil e mundo a fora até ficar velhinha.

Deixe seu comentário