Café e montanha combinam?

0

Hoje é o dia de uma paixão dos brasileiros: o café, uma bebida que caiu no gosto e faz parte do dia a dia da população do país. Seja durante o desjejum, no escritório, numa pausa no trabalho ou até mesmo na montanha, o café ajuda a trazer mais energia para as atividades.

Um cafezinho na montanha tem um gosto especial.

A bebida é um dos estimulantes mais comuns entre a população brasileira. De acordo com algumas pesquisas, a cafeína estimula o sistema nervoso central proporcionando uma maior resposta de endorfinas e ainda atua como analgésico ajudando a reduzir as dores musculares.

Assim, uma dose de café na montanha pode trazer muitos benefícios para os praticantes de trekking ou escalada. A cafeína aumenta a disposição, melhora a concentração e estimula a adrenalina, ajudando o montanhista a ficar mais atento durante suas atividades. O café também ajuda na absorção de cálcio que contribuir com para as funções musculares.

Todavia, é importante não exagerar, pois em longo prazo a cafeína pode trazer problemas cardíacos como aumento da pressão arterial e até mesmo causar dores de cabeça e enxaquecas ou problemas de sono.

Como preparar café na montanha

O cafezinho é uma das bebidas mais tomadas no Brasil, mas quando ele é feito na montanha passa a ter um sabor especial de aventura. Atualmente, no mercado existe uma gama de produtos desenvolvidos especialmente para que os amantes do café possam tomar a sua bebida em qualquer lugar, até mesmo durante uma travessia.

Há algum tempo não é mais preciso levar coador e vários outros utensílios para ter o prazer de um bom café na montanha. Além da já tradicional cafeteira italiana que é muito pratica para preparar um cafezinho dependendo apenas de um fogareiro, atualmente também há sistemas de café, assessórios para fazer a bebida diretamente em um Jetboil e até mesmo uma mini cafeteira portátil.

Então basta escolher um bom pó de café, separar um pouco de água, um fogareiro e seu sistema ou cafeteira e partir para a montanha. Mas se você quer levar ainda menos peso e utensílios você pode optar pelo “café de bolso”, que são pequenas embalagens práticas para ser coado diretamente em uma xícara.

Compartilhar

Sobre o autor

Maruza Silvério

Maruza Silvério é jornalista formada na PUCPR de Curitiba. Apaixonada pela natureza, principalmente pela fauna e pelas montanhas. Montanhista e escaladora desde 2013, fez do morro do Anhangava seu principal local de constantes treinos e contato intenso com a natureza. Acumula experiências como o curso básico de escalada e curso de auto resgate e técnicas verticais, além de estar em constante aperfeiçoamento. Gosta principalmente de escaladas tradicionais e grandes paredes. Mantém o montanhismo e a escalada como processo terapêutico para a vida e sonha em continuar escalando pelo Brasil e mundo a fora até ficar velhinha.

Deixe seu comentário