Parques Nacionais terão cadeira de rodas adaptada

0

As cadeiras Juliettis do projeto Montanha para Todos que surgiu com a montanhista cadeirante Juliana Tozzi e seu marido, estarão presentes em Parques Nacionais. O Ministério do Meio Ambiente irá distribuir 30 cadeiras de rodas adaptadas. O objetivo é dar mais acessibilidade, incluir pessoas com problemas de locomoção nas atividade de montanha e promover o ecoturismo dessas regiões.

Atualmente, alguns parques e unidades de conservação já possuem cadeiras, mas MMA pretende aumentar esse número. Os primeiros exemplares foram entregues para a Floresta Nacional de Brasília. Cinco cadeiras adaptadas ficarão a disposição do público com necessidades especiais de locomoção para que possam fazer as trilhas. Outras 25 cadeiras serão distribuídas em diversas regiões do país beneficiando 20 parques nacionais.

A cadeira conta com uma roda maior para facilitar o deslocamento em terrenos acidentados e também suportes laterais, cinto de segurança, apoios para cabeça e pés e freio estacionário para dar mais conforto e segurança aos usuários. Feitas de Aço carbono, os equipamentos suportam até 90 quilos.

Além das cadeiras, a Floresta Nacional de Brasília também está adaptando a Trilha Murundus para receber portadores de deficiência visual e outras necessidades especiais como idosos. Essa trilha será equipada com cordas que servirão como guia e pisos táteis.

O Montanha para Todos

O Projeto Montanha Para Todos nasceu quando a montanhista Julliana Tozzi foi atingida por uma doença neurológica que comprometeu a sua capacidade de locomoção. Apaixonada por montanhas, Juliana disse que era o que mais gostava de fazer. Então seu marido, Guilherme Cordeiro decidiu adaptar uma cadeira para que ela pudesse continuar frequentando as trilhas e montanhas.

Montanha Para Todos e o Gente de Montanha na Bolívia.

A partir de então eles voltaram a frequentar as montanhas. Juliana se tornou a primeira montanhista cadeirante a escalar uma alta montanha com mais de seis mil metros, o Acotango, na Bolívia. Essa aventura em parceria com o Gente de Montanha resultou em um documentário. Além de suas aventuras, os dois criaram o projeto Montanha para Todos para dar mais acessibilidade e distribuíram Juliettis por todo o Brasil. Agora, mais parques receberão as cadeiras, fomentando o ecoturismo em diversas regiões.

Compartilhar

Sobre o autor

Maruza Silvério

Maruza Silvério é jornalista formada na PUCPR de Curitiba. Apaixonada pela natureza, principalmente pela fauna e pelas montanhas. Montanhista e escaladora desde 2013, fez do morro do Anhangava seu principal local de constantes treinos e contato intenso com a natureza. Acumula experiências como o curso básico de escalada e curso de auto resgate e técnicas verticais, além de estar em constante aperfeiçoamento. Gosta principalmente de escaladas tradicionais e grandes paredes. Mantém o montanhismo e a escalada como processo terapêutico para a vida e sonha em continuar escalando pelo Brasil e mundo a fora até ficar velhinha.

Deixe seu comentário