Proteja a Natureza: Saiba por que nem mesmo o lixo orgânico deve ficar na montanha

0

A vida moderna nos apresentou muitas facilidades. Uma das mais corriqueiras são os alimentos prontos para o consumo embalados em pequenas porções. Ideias para fazer aquele lanchinho durante nossas atividades do dia a dia e também para levar para a montanha. Por outro lado as embalagens tão cômodas acabam gerando ainda mais resíduo.  E infelizmente, não são apenas elas que estão se espalhando pelos ambientes de montanha.

Garrafa de plástíco abandonada.

Uma das regras mais importantes do Leave no Trace ( Não Deixe Rastros) é destinar corretamente todo o lixo gerado durante uma atividade em montanha. Isso inclui as embalagens de alimentos e outros produtos, equipamentos que por ventura foram danificados e até mesmo lixo orgânico e dejetos humanos.

Embalagens

Não deixar embalagens de qualquer espécie na montanha é quase um senso comum entre os montanhistas. Se você conseguiu levar uma embalagem cheia, não tem motivo para não conseguir trazê-la vazia (e bem mais leve). Isso vale para plástico, papel, vidro e metal. No entanto, nunca é demais reforçar, uma vez que ainda é possível encontrar esses itens na montanha.

Também não é recomendável que se queime elas, pois o fogo pode não destruir o material por completo ou mesmo causar incêndios florestais. Enterrá-las não é uma boa prática uma vez que contamina o solo e pode ser facilmente desenterrada por um animal. O ideal é trazer tudo de volta e dar a devida destinação, seja a separação para reciclagem ou encaminhando-as para os aterros sanitários.

Deve se prestar atenção especial aos pequenos resíduos como lacres de isotônico, a fitinha de abre fácil presente em embalagens de biscoitos e salgadinhos, o plástico que envolve o canudinho, entre outros itens que podem passar despercebidos ao caírem no chão.

Pedaços de equipamentos

Em montanhas brasileiras não é difícil encontrar itens que vão desde grandes lonas e capas de barracas até pedaços de sola de calçados. Infelizmente nem todos os equipamentos são eternos, e caso você tenha um equipamento danificados durante sua aventura também deve trazê-lo para a cidade e jogar em uma lixeira ou quando possível reutiliza-lo.

Lixo encontrado em mutirão de limpeza no Pico Paraná. Foto: Robson Lopes Roque

Lixo Orgânico

Restos de alimentos, cascas de frutas e outros resíduos considerados lixo orgânico não devem ser descartados em ambientes naturais. Isso porque eles levam tempo até se decomporem e afetam o solo e o ambiente onde são descartados por meio de substâncias que podem interferir inclusive na vegetação do local.

A casca de banana ou de laranja, por exemplo, pode levar de 2 a 12 meses para sumir na natureza e se for deixada em uma região montanhosa e com clima frio, isso pode demorar até 2 anos. Durante esse tempo ela pode ser consumida por animais que não estão acostumados com aquele alimento. Outro problema é a contaminação de animais silvestres com vírus e bactérias humanas presentes nesses resíduos.

Em locais onde o numero de visitantes é alto, o lixo orgânico também pode interferir na fauna através da proliferação de ratos e camundongos que atraem cobras, ou mesmo urubus, causando um desequilíbrio no ambiente.

:: Leia também: Por que não devemos jogar lixo orgânico na montanha?

Uma casca de banana pode levar até dois anos para se decompor.

Use Tubo de Dejetos (Shit Tube)

O Tubo de Dejetos ou Shit Tube é um equipamento que serve para transportar fezes e evitar a contaminação do meio ambiente. Em algumas montanhas do Brasil ele já é item obrigatório, mas é recomendado o seu uso em qualquer ambiente natural onde não há banheiros. Esta é a forma mais segura de carregar dejetos que poluem o ambiente e são extremamente desagradáveis quando encontrados no meio da trilha.

O papel higiênico, lenços umedecidos, fraldas e absorventes também devem ser trazidos e destinados corretamente.

:: Leia também: Como cagar na Montanha

Carregue uma bituqueira

Para os fumantes é essencial ter um recipiente para guardar as bitucas de cigarro, ou mesmo filtros utilizados por quem fuma tabaco. Além de poluir a montanha, a bituca de cigarro pode facilmente iniciar um incêndio florestal.

Compartilhar

Sobre o autor

Maruza Silvério é jornalista formada na PUCPR de Curitiba. Apaixonada pela natureza, principalmente pela fauna e pelas montanhas. Montanhista e escaladora desde 2013, fez do morro do Anhangava seu principal local de constantes treinos e contato intenso com a natureza. Acumula experiências como o curso básico de escalada e curso de auto resgate e técnicas verticais, além de estar em constante aperfeiçoamento. Gosta principalmente de escaladas tradicionais e grandes paredes. Mantém o montanhismo e a escalada como processo terapêutico para a vida e sonha em continuar escalando pelo Brasil e mundo a fora até ficar velhinha.

Deixe seu comentário