Pit Schubert: Uma vida dedicada ao montanhismo mais seguro - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Membro Honorário da UIAA

Pit Schubert: Uma vida dedicada ao montanhismo mais seguro


Categoria: Personalidades

O engenheiro e alpinista alemão Pit Schubert foi eleito membro honorário da UIAA, em agradecimento por sua imensa contribuição que, desde 1973, faz um montanhismo mais seguro.

Desde 1973 a 2004 o alpinista alemão Pit Shubert formou parte da comissão de segurança da UIAA, a presidindo durante oito anos, além de ser sócio fundador da Comissão de Segurança da Associação Alpina Alemã, sendo seu diretor por 32 anos!

Mas seu verdadeiro comprometimento com a escalada foi quando, em 1978, abandonou seu trabalho como engenheiro na indústria aeronáutica, para dedicar-se exclusivamente a investigação de novos métodos que oferecessem maior segurança aos alpinistas, contando com sua já vasta experiência anterior.

Desde então, sua vida foi dedicada a evitar, na medida do possível, os riscos da escalada e do montanhismo, o que ensejou a sua nomeação como membro honorário da UIAA (União Internacional das Associações de Alpinismo).

"Quando comecei meu trabalho melhorando a segurança dos montanhistas e escaladores, no ano de 68, foi fácil fazer muitas modificações, mas muitas demoraram muito para ´pegar´, explicou Schubert a UIAA. "Foi ao mesmo tempo em que o homem realizava o sonho de chegar à Lua, mas nós alpinistas continuávamos utilizando piolets com ´cabo´ de madeira, que podiam quebrar em seu primeiro uso no gelo!"

Naquela época somente imaginava-se adequar a normas de segurança as cordas e os mosquetões. Hoje, a UIAA dispõe de 19 categorias de materiais que devem cumprir diversas normas e regras para obterem certificação!

Schubert nasceu em dezembro de 1935 em Breslau, Alemanha, e começou a escalar aos 17 anos de idade, sendo um dos primeiros alemães a conseguir escalar as três grandes faces "norte" dos Alpes: Eiger, Matterhorn e Jorasses. Em sua trajetória, ainda escalou por 50 vezes a primeira rota em montanhas dos Alpes, Groelândia e no Himalaia.

Contudo, sua carreira como um dos grandes alpinistas do mundo foi interrompida em 1976, quando numa tentativa de escalar a face sul do Annapurna, perdeu os dedos dos pés graças aos diversos congelamentos.

Apesar disso, Schubert não deixou a escalada de lado. "Tenho provado a mim mesmo e a todos que me cercam que os dedos dos pés são muito pouco necessários para escalar, caminhar em montanhas ou esquiar. Sempre consegui me adaptar", confessa Schubert.

Ele ainda se mostra otimista com a evolução do montanhismo e afirma que não cessará seu empenho para que o alpinismo torne-se cada vez mais seguro, ao identificar e prevenir que os alpinistas e escaladores tomem decisões erradas em situações de risco.

Para Schubert, "a vida é muito charmosa para aumentar os riscos mais que o necessário!"

Pit Schubert passa a integrar uma seleta lista de membros honorários da UIAA, que contém nomes como Walter Bonatti, Robbert Leopold, William Lowell Putnam e Jordi Pons.

Fonte: UIAA




Publicidade:


Publicidade

Publicidade