Montanhista foi salvo pelo isqueiro - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
sobreviveu a queda de 112 metros

Montanhista foi salvo pelo isqueiro

A história parece de filme, mas conta-se como verdadeira. Perdido na noite gelada, após uma queda, um montanhista galês acendeu o isqueiro na esperança de ser visto. E teve sorte. Na operação de salvamento foi resgatado, ainda, um cadáver desconhecido.

Fonte: Jornal de notícias - Portugal

O homem, de 25 anos, deslizou durante 112 metros montanha abaixo, no Monte Snowdon, no País de Gales. Escapou à queda apenas com alguns cortes e escoriações, nas no fundo do penhasco. Usou o celular para avisar os amigos de que estava vivo, mas preso numa saliência.

"Acendeu o isqueiro na esperança de ser detectado, e a chama foi dectetada pelo nosso equipamento de visão noturna", disse um membro da tripulação da aeronave.

O homem, cuja identidade não foi revelada, foi içado para o helicóptero, numa missão de salvamento arriscada. Conta o "Daily Telegraph" que o helicoptero ficou posicionado a seis metros da face do penhasco, no meio de uma nuvem de neve.

O salvamento deste homem é tão sumarento como as razões do desaparecimento. Consta-se que estava numa festa a quatro quando caiu monte abaixo, na companhia de um amigo, que foi parar no fundo de um penhasco de 300 metros.

Na operação de salvamento do segundo homem, a equipe de resgate encontrou um morto, vítima, presume-se, de um acidente desconhecido até então. O homem, ferido com gravidade, e o cadáver foram retirados de helicóptero do local.

O morto foi encontrado a cerca de 2,5 metros do cadáver do desconhecido. Ambos estavam caídos perto do local onde dois irmãos faleceram na semana passada, depois de uma queda no Clogwyn Coch, um trilho perto de uma linha férrea gelada qure reclamou muitas vidas no passado.

Fonte: Jornal de notícias - Portugal

Publicidade:


Publicidade

Publicidade