Imprensa chinesa acusa Dalai Lama de incitar protestos para sabotar Olimpíadas - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Montanhismo

Imprensa chinesa acusa Dalai Lama de incitar protestos para sabotar Olimpíadas

A imprensa estatal chinesa acusou nesta segunda-feira (05) o líder espiritual tibetano Dalai Lama de cometer ´crimes monstruosos´ e de apoiar tentativas de separatismo no Tibete.

Fonte:

A declaração ocorre um dia depois da realização de uma reunião entre representantes chineses e enviados do líder espiritual, que concordaram em manter o diálogo sobre a questão do Tibete.

O presidente chinês Hu Jintao afirmou no último domingo (04) que quer manter o diálogo. No entanto, o jornal estatal Tibet Daily acusa Dalai Lama de incitar protestos violentos para "sabotar" os Jogos Olímpicos. Ele ainda é ainda acusado de defender a separação do Tibete, de "confundir a opinião pública" e "incitar o ódio étnico".

O líder espiritual tem negado as acusações feitas por Pequim e acusado as autoridades chinesas de violações dos direitos humanos. O governo tibetano no exílio alega que 203 tibetanos morreram e cerca de mil ficaram feridos durante a repressão violenta às manifestações ocorridas em Lasa no em março. Por sua vez, Pequim afirma que os manifestantes tibetanos mataram 22 pessoas.

As informações são do site Correio da Manhã

Publicidade:


Publicidade

Publicidade