Montanhista chileno é resgatado no vulcão Lanín - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Acidente

Montanhista chileno é resgatado no vulcão Lanín

O Vulcão Lanín, localizado nas proximidades de Junin de los Andes, na província de Neuquén, Argentina, é um tradicional destino para andinistas, pois apresenta belas paisagens e uma ascensão simples. Entretanto acidentes não estão isentos de acontecer.

Fonte: Jornal La Mañana

Foi o que aconteceu com um jovem chileno, que teve sua identidade resguardada. Ele havia acabado de fazer cume na montanha de 3775 metros de altitude e estava descendendo, quando por algum motivo não revelado, quando já estavam à 3000 metros, o jovem caiu e rolou por mais de 300 metros vertente abaixo no vulcão.

O chileno sofreu traumatismo craniano e perdeu os sentidos, tendo que ser resgatado e trasladado à um hospital por helicóptero.

Até hoje só há o registro de duas mortes nesta montanha e elas aconteceram na Face Sul, que apresenta maior inclinação e dificuldade técnica. O chileno acidentado estava na face norte, a rota normal da montanha, que não apresenta grandes dificuldades.

Entretanto, de acordo com funcionários da APN, entidade governamental que administra os parques argentinos, de dez anos para cá, tem havido muito degelo na montanha e isso tem provocado sérios desprendimentos de rocha na montanha e os próprios montanhistas são, muitas vezes, responsáveis pelo desmoronamento de rochas nas trilhas que podem atingir quem está atrás.

Isto ocorre pela atenuação de um fenômeno normal na montanha, chamado de "Permafrost" que mantem congelado o solo e as rochas. Quando faz muito calor, estas rochas se desprendem e provocam pequenas avalanches.


Fonte: Jornal La Mañana


Publicidade:


Publicidade

Publicidade