Governo interdita helicópteros turísticos na Urca - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Barulho excessivo

Governo interdita helicópteros turísticos na Urca

Quem está habituado em escalar na Urca sofre com o problema do barulho constante e ininterrupto dos helicópteros que sobrevoam o monumento natural do Pão de Açúcar. A situação ficou tão crítica, que a população do entorno se uniu para acabar com o barulho e o resultado foi a interdição de helipontos pelos governo. Acompanhe a matéria do portal G1.

Fonte: G1

 

A Secretaria de Estado do Ambiente do Rio lacrou, na manhã desta segunda (28), o heliponto do Mirante Dona Marta, na Zona Sul do Rio. Segundo a secretaria, o heliponto não tem Licença de Operação (LO). Outro heliponto que será interditado ainda nesta segunda é o da Urca, que possui a mesma irregularidade.
 
De acordo com o secretário do Ambiente, Carlos Minc, a medida não tem como objetivo impedir o turismo na cidade, mas regularizar a situação dos voos de turismo. "Queremos uma cidade aberta para o turismo, mas não a qualquer custo. Não queremos que as pessoas, dentro de suas casas, fiquem surdas com 50 helicópteros por minuto sem controle. Queremos uma atividade dentro da lei e que impacte o mínimo possível a saúde auditiva da população", afirmou o secretário, ressaltando que nos últimos 10 anos o número de helicópteros cresceu de 60 para 380 na cidade do Rio de Janeiro.
 
Segundo a presidente do Inea (Instituto Estadual do Ambiente), Marilene Ramos, os helipontos fiscalizados pelos agentes de combate a crimes ambientais permanecerão lacrados até que seus responsáveis se adequem à legislação.
 
"Quando isso começou era uma atividade pequena, com poucos helicópteros. Era uma atividade de baixo impacto ambiental do ponto de vista de ruído. Do ponto de vista de localização, o Instituto Chico Mendes, gestor dessa área, deu essa licença para construir o heliponto. Agora, como a atividade cresceu muito e o impacto ambiental também, surgiu a necessidade de fazer essa regulação através de uma licença de operação", explicou.
 
Quatro helipontos haviam sido vistoriados, em 15 de maio. O estado quer organizar a operação de voos turísticos de helicópteros por regiões da Zona Sul, especiamente próximo ao Corcovado e ao Pão de Açucar. Associações de moradores de vários bairros reclamam que esses voos fazem muito barulho e prejudicam a tranquilidade na região.
 
De acordo com a Secretaria de Ambiente, dos quatro helipontos vistoriados, dois estavam funcionando sem a LO. As licenças poderão ser concedidas ou não, depois que autoridades ambientais analisem detalhes da operação desses voos, como rotas e alturas, de forma a não prejudicar a qualidade de vida dos moradores.

Publicidade:


Publicidade

Publicidade