A contratação de um Sherpa será obrigatória no Nepal - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Novidade no Nepal

A contratação de um Sherpa será obrigatória no Nepal

Levar um Sherpa será obrigatório em todos os passeios pelo Nepal a partir de Setembro deste ano, os turistas/ montanhistas que vão fazer uma caminhada por conta própria no Nepal deverão contratar pelo menos uma pessoa de apoio local, porteador (Sherpa) ou guia. O Governo diz que é pra segurança do aventureiro e que isso custará só US$ 10 a mais por dia. Grupos já estavam obrigados a fazê-lo, a nova medida afeta aventureiros solitários.

Fonte: Desnivel.com

 

A partir de setembro, o turista que quer fazer trekking no Nepal por conta própria, em solitário, deverá por lei contratar pelo menos um porteador, o Sherpa, ou um guia. Grupos já eram obrigados à proceder com a contratação através de agências registradas.
 
Inevitavelmente a nova medida aprovada no início de julho pelo Ministério do Interior Nepalês, vai aumentar o orçamento em cerca de US$ 10 por dia pros aventureiros. Uma quantia que esperam não afetar negativamente as chegadas de turistas. Tanto as agências de turismo como as embaixadas estrangeiras, bem como a ocorrência de vários turistas desaparecidos têm pressionado o ministério a dar este passo.
 
Uma medida que tem sido bem recebida tanto pela Associação de Agências de Trekkings do Nepal, e que também corrobora para que o governo inclua a nova medida na Lei do Turismo. "A decisão vai ajudar a promover o Nepal como um destino seguro para os turistas numa época em que os meios de comunicação internacionais estão questionando a segurança de estrangeiros no Nepal", disse Mohan Lamsal, Secretário-Geral da Associação.
 
O recente assassinato de um alpinista belga no Parque Nacional Langtang, juntamente com outros desaparecimentos, afirmam os agentes da Associação De Trekking do Nepal, criou uma imagem negativa do país. Eles acrescentam, esta medida implica que, como todos os montanhistas terão de utilizar os serviços prestados pelas agências inscritas, isso também irá ajudar a controlar o trabalho ilegal.

Publicidade:


Publicidade

Publicidade