Onde os Homens Conquistam a Glória

0

Ontem terminei de ler mais um de meus autores preferidos, Jon Krakauer, não por sua familiaridade com o esporte montanha, mas por sua narrativa rica em detalhes e modo como amarra o assunto principal ao pano de fundo, dando focos nos dois sem perder o ritmo.

Não é um livro de montanha, ou para montanhistas, o novo trabalho de Krakauer, “Onde os Homens Conquistam a Glória” tem como tema principal o soldado Pat Tillman um ex astro do futebol americano que vivenciou os ataques terroristas ao World Trade Center. O evento despertou nele a obrigação moral de se juntar às forças armadas do então presidente George W. Bush em sua cruzada contra o terror. Às vésperas da temporada 2002 da Liga Nacional, Tillman renunciou a um contrato de quase quatro milhões de dólares para passar os três anos seguintes como soldado de infantaria.

Enviado ao Iraque e ao Afeganistão, Tillman foi morto acidentalmente por um colega após uma sequência de manobras equivocadas de sua unidade de combate. A reação oficial foi um cínico encobrimento da verdade aprovado pelos mais altos escalões do governo e uma série de investigações que resultariam ineptas não fosse à determinação de Dannie Tillman em descobrir o que acontecera com seu filho.

Em uma pesquisa de fôlego, Krakauer reconstrói a trajetória de Pat Tillman e revolve a campanha de desinformação do governo americano para que a verdadeira causa de sua morte jamais viesse à tona.

O pano de fundo para as investigações de Krakauer passam pela Guerra Fria, Osama bin Laden, a formação da Al Qaeda, guerras e intervenções americanas Afeganistão e o fracasso do governo Bush, uma verdadeira aula de política e reportagem investigativa.

A receita é a mesma de Pela Bandeira Do Paraíso – 2003- (Companhia das Letras), onde Krakauer relatou minuciosamente um episódio policial que gerou muita polemica nos EUA, em 1984. Membros de uma seita fundamentalista que se separou da Igreja Mórmon ou “Igreja de Jesus Cristo dos Últimos Dias”, os irmãos Dan e Ron Laffety assassinaram a facadas sua cunhada e a filha de 15 meses desta, dizendo terem recebido ordens diretas de Deus. Mais do que um relato sensacionalista o livro é um alerta, aos perigos do fanatismo religioso, ótimo livro.

O livro saiu pela companhia das letras e custa em media R$50,00, ótima opção de leitura para quem ainda não é fã do escritor.

Saiba mais de Jon Krakauer em http://altamontanha.com/colunas.asp?NewsID=878

Compartilhar

Sobre o autor

Atila Barros - Colunista

Atila Barros nasceu no Rio de Janeiro, e vive em Minas Gerais, cidade que adotou como sua casa. Escalador (Montanhista) há 12 anos, é apaixonado pelo esporte outdoor. Ele mantem o portal Rocha e Gelo (www.montanha.bio.br)

Comments are closed.