6 dicas para limpar sua barraca em casa

0

No Brasil a temporada de montanha e ideal para acampar ao ar livre é no inverno. Ou seja, final do verão e começo do outono é hora de limpar sua barraca, tirar aquele cheiro de guardada e revisar se ela esta em boas condições de uso.

Acampamento no Itapiroca – Foto: Aline Machado

O ideal é manter os equipamentos de camping sempre limpos, higienizando-os com um pano úmido após o uso. Mas sabemos que nem sempre isso acontece, e ao ficar um tempo parada as barracas podem ficar empoeiradas, com mofo ou mau cheiro. Por isso, separamos algumas dicas de como higienizar a sua tenda e deixar ela prontinha para quando chegar a hora de ir para montanha novamente.

1- Use sabão ou detergente biodegradável

As barracas possuem tecidos especiais e algumas contam com uma membrana para torná-la impermeável. Esses materiais são sensíveis a produtos químicos como os presentes em sabão comum. Assim, é importante que você use apenas sabão biodegradável e neutro durante a limpeza e remova todo o produto com água limpa no final.

Monte sua barraca para ver onde estão as partes mais sujas. Foto: Gustavo Procat

2 – Lave à mão

Já vi pessoas colocando a lona da barraca na máquina de lavar e depois na secadora. Porém, é importante lembrar que as barracas são muito resistentes sim, porém não são indestrutíveis. Ao lavar na lavadora de roupas você poderá forçar o tecido e as costuras. Por isso, sempre realize a limpeza a mão. Você pode até montar o seu equipamento para poder visualizar os locais mais críticos com facilidade e limpar ela totalmente. Se quiser lavar submergindo a em água, use um tanque e esfregue as partes mais criticas com uma esponja. Mas jamais utilize a máquina para lavar, torcer ou secar.

3 – Limpe os zíperes

Os zíperes são fundamentais em qualquer barraca. Mas a lama e outros resíduos podem causar danos à peça. Com o acumulo de sujeira eles podem emperrar e até estourar quando forçados. Por isso ao limpar sua barraca lembre-se de passar um pano ou até uma escova nos zíperes. Principalmente se eles estiverem com algum resíduo de lama, resto de comida ou bebida, etc.

Barraca de frente para o Monte Roraima.

4 – Seque bem

Não adianta nada você limpar a barraca e guarda-la ainda úmida. Por isso, após higienizar ela deixe a montada em um local bem arejado e de preferência a sombra até que esteja completamente seca e sem umidade. Só então dobre e guarde o seu equipamento.

5 – Evite o mofo

Se você guardar a barraca com umidade, ela facilmente poderá criar mofo. Ao embolorar além do mau cheiro sua barraca também poderá perder a impermeabilização. Por isso, aos primeiros sinais de mofo ou bolor, limpe o local e deixe secar completamente. Mas lembre-se de não use produtos químicos para limpar as manchas.

6 – Guarde em local seco e arejado

Ao guardar a sua barraca evite dobrar sobre as dobras antigas, pois com o tempo elas podem se desgastar o tecido nessas regiões. Também é importante deixar sua tenda em uma embalagem maior que a original ou a utilizada no transporte, mas manter ela em local seco e arejado. Ainda assim, abrir o equipamento a cada dois meses para verificar se não há mofo e areja-la.

:: Leia também Manutenção e conserto de Barracas: Como resolver os principais problemas?

Compartilhar

Sobre o autor

Maruza Silvério

Maruza Silvério é jornalista formada na PUCPR de Curitiba. Apaixonada pela natureza, principalmente pela fauna e pelas montanhas. Montanhista e escaladora desde 2013, fez do morro do Anhangava seu principal local de constantes treinos e contato intenso com a natureza. Acumula experiências como o curso básico de escalada e curso de auto resgate e técnicas verticais, além de estar em constante aperfeiçoamento. Gosta principalmente de escaladas tradicionais e grandes paredes. Mantém o montanhismo e a escalada como processo terapêutico para a vida e sonha em continuar escalando pelo Brasil e mundo a fora até ficar velhinha.

Deixe seu comentário