Como escolher uma bota?

0

A bota correta, sendo um dos equipamentos mais importantes para um aventureiro, influenciará diretamente no seu desempenho e conforto durante suas atividades. Buscando evitar uma escolha errada, este artigo trará as principais características que uma bota deve ter.

Para cégo ver: A imagem mostra uma garrafa em cima de uma rocha e ao fundo, de forma desfocada, um dos pés de um homem apoiado nessa rocha enquanto ele amarra sua bota de cano alto marrom.

A escolha da bota certa te trará mais conforto e segurança em suas atividades.

Muito além do desempenho e conforto, a bota adequada para o ambiente em que você está proporcionará maior segurança contra possíveis torções e lesões a longo prazo, por isso, além da mochila, a bota é um equipamento que deve ser escolhido com muito cuidado.

Acompanhe este artigo também em vídeo:

Para escolher a melhor opção de bota, os principais pontos a serem definidos são:

  1. Em qual tipo de terreno você irá caminhar.
  2. Qual a faixa de temperatura do ambiente que você estará.

Apesar da bota ser um equipamento que  pode ser usado em diversas situações e ambientes, a definição desses pontos determinarão qual o local e a principal de atividade que você irá realizar e, como consequência, quais são as características que sua bota deve ter.

Partindo do tipo de terreno que você irá caminhar

Um terreno mais acidentado, normalmente encontrado durante a prática de trekking, travessia e aproximação em alta montanha, pedirá uma bota:

  • Robusta;
  • Com cano alto, para te proteger contra possíveis torções de tornozelo;
  • Biqueira reforçada, para evitar que aquelas topadas em pedras machuquem o seu hálux “dedão do pé”;
  • Cabedal mais reforçado, assegurando firmeza em cada pisada.

Um excelente exemplo de bota para esses terrenos é a Bota Salomon X Ultra Trek GTX®.Para cégo ver: A imagem foca nos pés de uma pessoa que está calçando uma bota Salomon, enquanto está parada sob uma ponte de madeira. Ao fundo, rochas e plantas verdes aparecem de segundo plano.

Já um terreno não muito acidentado, mas que possui trechos com raízes expostas e algumas pedras, normalmente encontrados durante um hiking, também pedirá uma bota resistente e que assegure proteção, mas em um nível mais baixo.

Por exemplo, o seu cano pode ser médio e ela pode ser mais macia, isso proporcionará maior conforto e leveza à caminhada. Uma ótima opção de bota nesse estilo é a Bota The North Face Ultra Fastpack.

Outro tipo de terreno é aquele que quase não é acidentado, normalmente encontrado em peregrinações ou caminhadas em estradas.

Para cégo ver: A imagem foca nos pés de uma pessoa que está calçando uma bota marrom e está pisando em uma trilha com alguns matos rasteiros.

Em terrenos com muita vegetação é importante a bota ter uma boa impermeabilidade.

Nessa situação, você também precisará de uma bota resistente e que forneça proteção, mas a leveza é muito importante, então, como esse tipo de terreno não exige muito da bota, ela não precisa ser aquele modelo super robusto, tipo “tratorzão”.

Um cano médio e uma construção com materiais resistentes já serão o suficiente. A Bota Salomon Outline é uma excelente recomendação.

Caso você esteja procurando uma bota para utilizar no meio urbano, busque opções que sejam reconhecidas pelo conforto e leveza, pois a resistência para as caminhadas na cidade elas já possuem. Além disso, o design também conta, então escolha uma que te agrade visualmente e combine com seu look.

Para cégo ver: A imagem mostra uma bota Columbia calçada no pé de uma pessoa que está a amarrando. Ela está com o pé apoiado no parachoque traseiro de um carro.

As botas são peças versáteis que podem ser usadas no meio urbano também.

Vale ressaltar que, independente do terreno, uma bota que tenha um solado aderente é essencial. Isso evitará quedas e auxiliará em uma caminhada mais ritmada e segura.

Além disso, uma membrana impermeável e respirável é muito interessante, independente do terreno. Ela manterá seus pés secos, evitando o surgimento de bolhas e infecções decorrentes da umidade.

Com relação à temperatura

Para que a sua bota consiga fornecer um bom equilíbrio térmico, é necessário que ela conte com um solado e entressola grossa, que evitem a passagem do calor ou frio que vem do chão. Além disso, as seguintes características devem ser apresentadas, de acordo com a faixa de temperatura que você ficará exposto:

Clima quente
  • O cabedal deve permitir a evaporação da umidade, evitando o acúmulo de suor. Um exemplo são os materiais construídos como mesh, que permitem ótima ventilação.
  • Nessa situação, uma palmilha com tecnologia antibacteriana é ainda mais necessária, pois evita mau odor e possíveis infecções de pele.
  • Além da bota, a meia adequada é indispensável. Para saber mais sobre qual meia usar, clique aqui!

A Bota Columbia Trailstorm Mid é uma boa opção.

Para cégo ver: A imagem foca nos pés de uma pessoa que está caminhando com uma bota da Columbia em um terreno rochoso e molhado.

Clima muito frio
  • O cabedal deve contar com material robusto, que forneça bom isolamento térmico. O couro é um bom exemplo.
  • Uma forração interna, com material térmico, pode se fazer necessária. A lã sintética é um bom exemplo.
Já no caso do frio com neve

Para cégo ver: A imagem foca nos pés de uma pessoa que está calçando uma bota marrom, enquanto está parada com os pés afundados na neve.

  • É indispensável um solado que forneça boa aderência, como a borracha.
  • Uma bota mais rígida evitará escorregões.
  • A impermeabilidade é essencial, pois manterá seus pés secos, auxiliando no aquecimento.

Uma ótima recomendação para estações de ski e centros urbanos gelados é a Bota Columbia Firecamp.

Vale ressaltar que, além das características da bota, o tamanho correto é extremamente importante para que o conforto, segurança e aproveitamento da atividade sejam garantidos. Caso precise de ajuda para escolher o tamanho correto, clique aqui!

Por fim, assim como a maioria dos equipamentos para atividades outdoor, a bota deve ser escolhida em função das atividades que você irá realizar, porém, o ponto mais importante é que ela se adapte ao seu pé, de forma confortável e firme.

Não deixe de conferir os melhores modelos de botas que a Loja AltaMontanha tem para oferecer clicando aqui!

Seguem algumas dicas que valem ser reforçadas:

Como escolher a sua bota?
  1. A bota é um dos equipamentos mais importantes para um aventureiro, por isso, não economize para garantir o seu conforto e segurança.
  2. Escolha sua bota a partir do tipo de terreno e faixa de temperatura que irá utilizar.
  3. Trekking, travessia e aproximação em alta montanha exigem uma bota confortável e muito robusta, enquanto que hiking e peregrinação, buscam o equilíbrio entre conforto, resistência e leveza.
  4. Uma membrana impermeável e respirável auxiliam a manter o seu pé seco e protegido contra infecções decorrentes da umidade.
  5. O solado e o cabedal da bota influenciam no isolamento térmico.

 

Compartilhar

Sobre o autor

Montanhista e Supervisora de Ecommerce da Loja AltaMontanha, responsável por solucionar as dúvidas de clientes quanto ao uso de equipamentos, nos mais diversos ambientes do mundo.

Deixe seu comentário