Projeção no Matterhorn pede para moradores ficar em casa e manter a esperança

0

Você já deve ter ouvido a celebre frase “The Mountains are Calling” convidando as pessoas para se aventurarem e se desafiarem nas montanhas. Porém, com os últimos acontecimentos globais a mensagem vista no famoso monte Matterhorn no último final de semana foi diferente. Assim, os moradores da região puderam ver uma projeção de luzes com os dizeres #hope e #stayhome (esperança e fique em casa).

Palavras de apoio são projetadas em famosa montanha. Foto: Gabriel Perren

As projeções foram feitas a partir da estação de esqui de Zermatt, na Suíça, que fica na base da famosa montanha. O objetivo é acalmar e conscientizar a população da importância dos cuidados contra o Covid-19.

“Com essa projeção leve, Zermatt quer dar às pessoas um sinal de esperança e solidariedade nesses tempos difíceis. A vila mostra solidariedade com todas as pessoas que estão sofrendo no momento e agradece a todos que estão ajudando a superar a crise”, disse o secretário de turismo em Zermatt. Entretanto, junto com a mensagem também tem o aviso pedindo às pessoas que fiquem em casa e vejam o espetáculo pela webcam.

Arte para aliviar o medo

O artista suíço Gerry Hofstetter é o responsável pelas luzes que iluminam o Matterhorn com as cores da bandeira do país, vermelho e branco, e palavras de apoio. Ele já fez espetáculos de luzes em edifícios, monumentos, paisagens e montanhas em todo o mundo. O espetáculo ocorre diariamente das 20h30 às 22h, exceto em dias de mau tempo.

Cidade na base da montanha Foto Gabriel Perren.

As mensagens e homenagens são para todos que de alguma forma estão ajudando a superar a pandemia. “Isso inclui a equipe médica, todos aqueles que garantem a logística e o suprimento da população, bem como todos aqueles que ficam em casa sem consideração e adaptam sua rotina e tarefas diárias às circunstâncias”, afirmou.

A Suíça faz fronteira com a Itália e já registrou mais de 11 mil casos de Covid-19 com 191 mortos. Por isso, o governo aumentou as restrições de circulação e esta intensificando as campanhas de prevenção.

Compartilhar

Sobre o autor

Maruza Silvério

Maruza Silvério é jornalista formada na PUCPR de Curitiba. Apaixonada pela natureza, principalmente pela fauna e pelas montanhas. Montanhista e escaladora desde 2013, fez do morro do Anhangava seu principal local de constantes treinos e contato intenso com a natureza. Acumula experiências como o curso básico de escalada e curso de auto resgate e técnicas verticais, além de estar em constante aperfeiçoamento. Gosta principalmente de escaladas tradicionais e grandes paredes. Mantém o montanhismo e a escalada como processo terapêutico para a vida e sonha em continuar escalando pelo Brasil e mundo a fora até ficar velhinha.

Deixe seu comentário