Escalador argentino morre na região do Fitz Roy - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Hipotermia

Escalador argentino morre na região do Fitz Roy

Um escalador argentino de 24 anos morreu na região do Fitz Roy, na Patagônia Argentina, após sofrer uma grave crise de hipotermia e esgotamento.

Fonte:

Segundo informações da imprensa argentina, o jovem chamado Joaquin Prado escalava na última sexta feira a agulha Poincenot com um companheiro, quando uma forte tempestade de vento e neve os atingiu no meio da parede.

Seu companheiro de escalada, posteriormente, conseguiu chegar a um povoado próximo para aviar as autoridades, que iniciaram o resgate já naquela noite.

Assim que o encontraram, ele apresentava a temperatura corporal de apenas nove graus centígrados.

Depois de aproximadamente duas horas de tentativas de reanimação, Joaquin foi levado em uma ambulância para o hospital da cidade de El Calafate, onde acabou falecendo, sem que os médicos pudessem ajudar.

O corpo do escalador deve ser levado nesta semana à cidade de Buenos Aires, onde ocorrerá o enterro.

Recentemente, outra tempestade de vento e neve também foi a responsável pela morte de duas pessoas no Aconcagua, entre elas, a do guia Argentino Federico Campanini, cuja a exibição de um vídeo causou polêmica no mundo.

Publicidade:


Publicidade

Publicidade