Buscas a Rodrigo no monte Sajama são encerradas

0

Irmão do brasileiro desaparecido ficará mais 15 dias na Bolívia procurando rapaz.

Estão encerradas as buscas no monte Sajama, na Bolívia, ao estudante canoense Rodrigo Oleinski, 28 anos. Em outubro completa um ano que o rapaz desapareceu. Conforme a família, Rodrigo teria dito que subiria sozinho a montanha, na Cordilheira dos Andes, em uma busca espiritual. Desde então, todos perderam contato com ele. O irmão Rubens partiu há uma semana para La Paz para auxiliar nas buscas no topo da montanha. Agora, com ajuda da polícia local, a procura será em aldeias e minas.

A mãe dos jovens, Cecília, mantém a esperança de reencontrar Rodrigo. “Encerraram ontem (terça-feira) a investigação na montanha. Subiram até o topo e não encontraram sinais”, diz. Ela conta que Rubens não conseguiu acompanhar o grupo de oito alpinistas especializados em montanhas até o cume. O monte Sajama fica a 6.542 metros do nível do mar. “Ele passou mal por causa da altitude.”

As buscas continuam na cidade de Oruro, onde Rodrigo fez contato pela última vez com a família. Rubens vai percorrer com a polícia nacional da Bolívia aldeias e minas. Ele terá 15 dias para acompanhar os trabalhos, quando retorna ao Brasil, no dia 2. “Fiquei sabendo que as pessoas são sequestradas para trabalhar como escravos nestas minas.”

Fonte: Lílian Patrícia – Diário de Canoas

Compartilhar

Sobre o autor

Redação - AM

Texto publicado pela própria redação do Portal.

Deixe seu comentário