Rosier Alexandre inicia 3ª tentativa de chegar ao cume do Monte Everest

0

Nas outras duas tentativas da conclusão do “Projeto 7 Cumes”, Rosier Alexandre interrompeu a subida do Everest devido a avalanches e terremoto.

O montanhista cearense Rosier Alexandre se prepara para nova aventura rumo ao Monte Everest, a montanha mais alta do mundo (8.848m de altitude), na cordilheira do Himalaia, entre Nepal e Tibet. Como parte do treinamento físico para aclimatar o corpo com o ar rarefeito, ele embarcou ontem a Bolívia onde irá escalar o Huayna Potosí, onde permanecerá 20 dias e chegará até 6.088m acima do nível do mar.
 
A 3ª expedição do ponto final do “Projeto 7 Cumes”, com destino ao Everest, está prevista para abril. Nas visitas anteriores, Rosier Alexandre não conseguiu chegar ao cume, em decorrência de tragédias. Primeiramente em 2014 uma avalanche que resultou na morte de 14 sherpas e depois, no ano passado o fatídico terremoto que cancelou a temporada na montanha.
 
“Já escalei seis das sete montanhas mais altas de todos os continentes. O Everest, sem dúvida, é a subida mais desafiadora, exigindo um excelente planejamento e preparação física. Venho me dedicando a esta conquista há anos, e espero alcançá-la em 2016”, declara o montanhista.
 
Nos últimos 11 anos, Rosier Alexandre vem buscando chegar ao topo das sete montanhas mais altas do mundo. E realizou seis etapas do projeto: Monte Aconcágua (6.962m, na América do Sul), Monte McKinley (6.194m, na América do Norte), Kilimanjaro (5.895m, na África), Monte Elbrus (5.642m, na Europa), Monte Carstensz (4.884m, na Oceania), Monte Vinson (4.897m, na Antártida).
 
Compartilhar

Sobre o autor

Redação - AM

Texto publicado pela própria redação do Portal.

Deixe seu comentário