Temporada no Paquistão: mais um alpinista desaparecido

0

O alpinista escocês Ben Cheek desapareceu no Shimshal Whitehorn. Ontem, dois italianos foram resgatados em outra montanha. Alpinistas fazem pressão para que o exército do Paquistão ajude nas buscas.


Há um mes, Ben Cheek estava no Paquistão para escalar uma rota técnica no Distaghil Sar. Era um grupo formado por quatro alpinistas que teve que desistir do desafio devido ao tempo ruim e os perigos da rota.

Depois de dissolvida a expedição, alguns membros voltaram para casa e outros se engajaram em outros desafios. Assim, Ben Cheek partiu no dia 11 de Julho
para o Shimshal Whitehorn junto com outros dois italianos. Eles deveriam ter retornado no dia 15, mas só os italianos apareceram.

Os colegas de Ben na mau-sucedida expedição do Distaghil Sar, Bruce Normand e Peter Thompson estão coordenando agora uma operação de resgate na montanha. Eles pedem que os montanhistas façam uma pressão internacional sobre o governo do Paquistão para eles conseguirem o apoio de um helicóptero para realizar as buscas.

Italianos do Nanga Parbat

Ontem, um helicoptero do exército paquistanês realizou manobras arriscadas e conseguiu salvar dois alpinistas italianos que estavam bloqueados na parede Rakhiot do Nanga Parbat. Os alpinistas, Simon Kehrer e Walter Nones foram retirados sem ferimentos pelos militares. Ao contrário do que se achavam, eles não sofreram congelamentos e passam bem.

Hoje os alpinistas que ainda estão no acampamento base do Nanga Parbat ergueram uma homenagem à Karl Unterkirchen, o alpinista que liderava a expedição de Nones e Kehrer no Nanga Parbat que morreu durante a escalada. Os alpinistas não sabem onde está o corpo do colega.

Compartilhar

Sobre o autor

Redação - AM

Texto publicado pela própria redação do Portal.

Deixe seu comentário