Montanhas de Minas Gerais receberão 150 milhões de reais

0

Os parques nacionais Serra da Canastra, Caparaó, Serra do Cipó, Serra do Gandarela, Cavernas do Peruaçu, Grande Sertão Veredas e Sempre-Vivas, serão beneficiados por um acordo entre o Governo de Minas Gerais e a Vale. Assim, eles irão receber R$ 150 milhões para serem investidos em infraestrutura.

Serra da Canastra em Minas Gerais

O dinheiro tem origem na indenização que a empresa Vale S.A. irá pagar pelos danos ambientais causados pelo rompimento de barragens em Brumadinho. Assim, em reunião no inicio de mês ficou definido como beneficiários os Parques e a Agenda de Qualidade Ambiental Urbana. A indenização será de 250 milhões no total.

Dentro dos parques o valor deverá ser utilizado para manutenção de trilhas, sinalizações, incentivo ao ecoturismo, e também para planos de manejo e de combate a incêndios, entre outras ações. Todavia, um grupo irá fiscalizar as ações. Nele estarão representantes do Ministério do Meio Ambiente, do Ibama e do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) .

Serra do Cipó

Compartilhar

Sobre o autor

Maruza Silvério

Maruza Silvério é jornalista formada na PUCPR de Curitiba. Apaixonada pela natureza, principalmente pela fauna e pelas montanhas. Montanhista e escaladora desde 2013, fez do morro do Anhangava seu principal local de constantes treinos e contato intenso com a natureza. Acumula experiências como o curso básico de escalada e curso de auto resgate e técnicas verticais, além de estar em constante aperfeiçoamento. Gosta principalmente de escaladas tradicionais e grandes paredes. Mantém o montanhismo e a escalada como processo terapêutico para a vida e sonha em continuar escalando pelo Brasil e mundo a fora até ficar velhinha.

Deixe seu comentário