Thais Makino e Felipe Hoo são Campeões Brasileiros de Boulder 2020

0

O Campeonato Brasileiro de Boulder ocorreu nesse final de semana em São Paulo e reuniu os diversos atletas brasileiros da escalada. Os escaladores de São Paulo, Thais Makino e Felipe Ho ficaram em primeiro lugar da prova. A etapa foi única, e a primeira desde o Pan Americano de Los Angeles em março.

Primeiros colocados na categoria feminina e masculina – Foto: Carol Coelho

“Em meio a um ano super atípico, triste e conturbado, fiquei muito feliz não apenas pela vitória, que eu queria muito, mas por poder dividir momentos na competição com pessoas incríveis, amigos, família e novos atletas! Senti muita falta durante a quarentena de treinar e competir junto com uma galera que me motiva demais o tempo todo”, relatou Thais sobre a competição em seu instagram. Ela também parabenizou as outras atletas pela participação e disputa que foi acirrada e agradeceu a todos que contribuíram para que o evento acontecesse.

Thais durante a competição.

Felipe Ho também agradeceu e disse estar muito feliz com o seu primeiro título de campeão de boulder nacional.

Em segundo lugar na categoria masculina ficou o atleta Jean Ouriques, seguido por Samuel Silva. Já entre as mulheres o pódio foi ocupado por Bianca Castro na segunda colocação e Clara Viegas em terceiro lugar.

Também houve a competição de Paraclimbing com a participação dos atletas Gustavo Santos, Luciano Frazão, Diego Rodriguez, Camila Toro e Marina Dias .

Atletas do Paraclimbing – Foto: Carol Coelho

O campeonato de velocidade que também deveria ocorrer no domingo, 25/10, foi interrompido e posteriormente cancelado devido a uma forte chuva. Todavia, o calendário de competições segue com o Campeonato Brasileiro de Dificuldade que deverá ocorrer entre os dias 13 e 14 de novembro em Curitiba e o Campeonato Brasiliero de Boulder Juvenil marcado para 5 de dezembro no Rio de Janeiro.

Compartilhar

Sobre o autor

Maruza Silvério

Maruza Silvério é jornalista formada na PUCPR de Curitiba. Apaixonada pela natureza, principalmente pela fauna e pelas montanhas. Montanhista e escaladora desde 2013, fez do morro do Anhangava seu principal local de constantes treinos e contato intenso com a natureza. Acumula experiências como o curso básico de escalada e curso de auto resgate e técnicas verticais, além de estar em constante aperfeiçoamento. Gosta principalmente de escaladas tradicionais e grandes paredes. Mantém o montanhismo e a escalada como processo terapêutico para a vida e sonha em continuar escalando pelo Brasil e mundo a fora até ficar velhinha.

Deixe seu comentário