Sobre o Autor

Alberto Ortenblad - Colunista

Nasci no Rio, vivo em São Paulo, mas meu lugar é em Minas. Fui casado algumas vezes e quase nunca fiquei solteiro. Meus três filhos vieram do primeiro casamento. Estudei engenharia e depois administração, e percebi que nenhuma delas seria o meu destino. Mas esta segunda carreira trouxe boa recompensa, então não a abandonei. Até que um dia, resultado do acaso e da curiosidade, encontrei na natureza a minha vocação. E, nela, de início principalmente as montanhas. Hoje, elas são acompanhadas por um grande interesse pelos ambientes naturais. Então, acho que me transformei naquela figura antiga e genérica do naturalista.

Colunistas
Los Glaciares
Por

Escrevi pouco tempo atrás sobre o Parque Torres del Paine, na Patagônia chilena. Existe nas proximidades o argentino Parque Los Glaciares. Embora não tão grande e belo, aproveite ainda assim a mesma viagem para conhecê-lo.

Colunistas
Quanto Vale um Parque?
Por

O Brasil dispõe hoje de 71 parques nacionais – apesar de percorrê-los há décadas, nem conheço metade deles. O primeiro foi criado em 1937 em Itatiaia e o último (até o momento deste artigo), na discutida Serra do Gandarela mineira em 2014. Durante os vinte anos iniciais, o Brasil quase não dispunha de parques, apenas aqueles três iniciais da mesma época: Itatiaia, Órgãos e Iguaçu.

Colunistas
Naturgemälde
Por

Vocês já devem ter encontrado muitas vezes o nome de Humboldt na natureza: na famosa corrente marinha, na geleira da Groenlândia, em cordilheiras, rios, cachoeiras e parques no mundo todo – e em centenas de plantas e animais. Este homem notável inspirou o belo livro A Invenção da Natureza de Andrea Wulf, no qual esta coluna se baseia.

Colunistas
O Corcovado
Por

Não, este não é o Corcovado do Rio, e sim o de Ubatuba. Sem exagero, esta é uma das mais belas montanhas brasileiras, não conheço nenhuma mais interessante em toda a Serra do Mar. Durante anos, pousava na casa de um amigo na Praia Dura e de lá mirava o majestoso perfil da montanha, a quase 1.200m de altitude. Ela me parecia tão próxima quanto inacessível.

Colunistas
O Desflorestamento
Por

Nas colunas anteriores, comentei sobre extinções de espécies individuais, terrestres ou marítimas. Mas não é muito viável aplicar isso à flora – não tenho tanta informação sobre linhagens específicas (se é que conheço algo) e nem acho que despertaria o interesse dos leitores (se é que vocês existem). Então, escolhi falar da flora como um todo e, dado que felizmente não está ainda desaparecida, escrevo a seguir apenas sobre seus riscos de extinção.

1 6 7 8 9 10 13