Brasileiros fazem cume no Manaslu

0

Os montanhistas brasileiros Pedro Hauck, Claudia Bento e Bernardo Fonseca atingira o cume do Manaslu, oitava montanha mais alta do mundo com 8156 metros de altitude no Nepal. O paranaense Moeses Fiamoncini também atingiu o cume um dia antes.

O Manaslu é uma das catorze montanhas que superam os oito mil metros de altitude. Até então era um pico pouco frequentado por brasileiros, mas nesta temporada de pós monção tivemos quatro cume brasucas em apenas dois dias.

O que chama atenção desta temporada não foi apenas o sucesso, mas o protagonismo. Nossos montanhistas foram os primeiros a atingir o topo, abrindo caminho para as diversas expedições irem ao cume no sequencia.
O primeiro a atingir o cume foi o paranaense Moeses Fiamoncini, que junto com o espanhol Sergio Mingote, atingiram o cume no dia 25 de setembro. Mingote está com um projeto de fazer 6 montanhas de 6 mil em um ano. Em Julho ele escalou o K2 e o Broad Peak no Paquistão. Após ele descer do Manaslu, ele está indo ao Dhaulagiri para fazer seu quarto cume.

A equipe de Pedro, Claudia e Bernardo encontrou com Moeses enquanto ele descia e foram os segundos a atingir o cume. Bernardo Fonseca, que ficou famoso por vencer uma maratona de 100 km na Antártida e ter sua história contada no Fantástico, foi o próximo a atingir o cume. Com um folego de atleta, chegou ainda de madrugada no cimo da montanha.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Bernardo Fonseca (@bernardofonseca77) em

 

Claudia Bento fez cume um pouco depois, por volta das 7 da manhã. Claudinha, como é conhecida, vem acumulando diversas conquistas pessoais. No ano passado ela fez o Aconcagua de forma independente com Paula Kapp (outra excelente montanhista) e o Pico Lenin no Quirguistão, tornando-se a primeira brasileira a escalar um 7 mil.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Claudia Bento (@claudiaebento) em


Por último, o guia de montanha Pedro Hauck acabou chegando ao cume por volta das 7:30 da manhã. Esta foi primeira montanha de 8 mil de Pedro, que planejou a expedição para comemorar seu vigésimo ano de dedicação ao montanhismo. O cume no Manaslu aconteceu um dia antes de seu aniversário de 37 anos. Tanto tempo dedicado às montanhas com tão pouca idade. Imagine o que há pela frente?

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Pedro Hauck (@pehauck) em

Infelizmente o guia de montanha Maximo Kausch não pode ir para o cume, já que uma semana antes ele oi atingido por uma avalanche e quebrou uma costela. No entanto ele fez questão de ficar na base ajudando seus colegas ao invés de tomar um helicóptero para se tratar em um hospital.

Time completo da Expedição ao Manaslu após a volta do Cume

O grupo já voltou para Kathmandu e apenas Bernardo conseguiu voltar para casa. Os demais aguardam suas bagagens para mais tarde voltar para o Brasil.

Se você quiser conferir a história completa dessas expedição, clique aqui.

Compartilhar

Sobre o autor

Redação - AM

Texto publicado pela própria redação do Portal.

Deixe seu comentário