Resultados da busca: Morro do Açu (701)

Aventuras
O Lago Andino de Mogi das Cruzes
Por

Existem pessoas tão pitorescas q imediatamente são associadas à esta ou àquela região, tornando-as folcloricamente tradicionais e indissolúveis à algum local. É o caso do Zé Pescoçinho na Bocaina, do Dilson no PP, do Caneco Verde em Paranapiacaba, do Jamil em Marsilac, do Chico Bento no Gomeral, Dna Maria na Lapinha, etc. Em Mogi das Cruzes não é diferente já q essa pessoa atende pelo nome de Seu Geraldo, o simpático tiozinho com jeitão de &ldquo,Crocodilo Dundee&ldquo, q não raramente é encontrado no Posto da Balança tomando sua pinguinha, às margens da Mogi-Bertioga. Ex-caçador, ex-palmiteiro, ex-isso, ex-aquilo, o senhor de chapéu e barba puída conhece cada palmo da Serra do Mar mogiana e vale mto a pena dar ouvidos às dicas de locais singulares nos arredores q sugere. Locais como a &ldquo,Represa Andes&ldquo,, um enorme e bucólico lago artificial escondido nas entranhas da serra, acessível mediante trilha relativamente sussa de quase 11km percorridos em 3hrs cheias. Só de ida.

Artigos
Guia da Urca: Nova edição.
Por

O guia de escaladas da Urca trás dicas, croquis e informações completas sobre as vias do complexo da Urca: Morro do Pão de Áçucar, Urca e Babilônia, os mais tradicionais picos de escalada do Rio de Janeiro e um dos maiores cartões postais escaláveis do Brasil.

Colunistas
O que é impacto ambiental?
Por

A palavra impacto ambiental está na moda, mas não se engane, impactos podem ser de muitos tipos, com diferentes intensidades e nem sempre são provocados diretamente pelo homem. Veja por que é preciso tomar cuidado com este conceito, saindo do vazio do discurso politiqueiro e substituí-lo por outro, o da “degradação antrópica”, com limites melhor definidos e sem ameaça à liberdade e ao ideal conservacionista.

Aventuras
Andatrilhos na Mogi-Guararema
Por

Tendo o final de semana abreviado por motivos diversos, não restou opção senão de meter as caras nalguma trip diferenciada q não demandasse logística complicada nem tampouco perrengue ou desgaste físico em demasia. Noutras, um bate-volta tranquilo. Fuça aqui e ali, acabei embarcando na dica q uma amiga minha, a Milena, soprara no meu ouvido já há um tempo, a Travessia Mogi-Guararema. Esta, por sua vez, nada mais é q uma caminhada de 22km pela Estrada de Ferro Central do Brasil acompanhando o trecho q une estas duas localidades, esta última às margens do Rio Paraíba do Sul.

Aventuras
“Tropa de Elite”no Cabeça de Nego – Final
Por

Após coletar infos avulsas com Seu Nelson, Dom e Nando acertaram seus gps´s, e buscamos entrar num acordo de qual seria a melhor estratégia (rota) pra alcançar o morro. Chegamos num consenso de q isso só seria possível pela esquerda, avaliando as infos e pelas curvas de nível mostradas pela carta topográfica. Pronto, era chegada a hora, e assim deixamos a casa pela esquerda, a quase exatas 8hrs e 20m de altitude, passando por um bando de “saíras“ – pequenos e belos passarinhos de cor verde – beliscando carambolas deixadas por Seu Nelson. Entramos num caminho em meio a um bananal q foi sumindo aos poucos. Antes, porem já estudávamos alguma entrada na mata à direita, já pra ir na direção do sopé do morro. Deixamos assim a trilha mergulhando de vez na mata onde o caminhar era tranqüilo e sem maiores obstáculos. Após cruzar um desbarrancado e bordejar um riachinho pela esquerda, caímos num pequeno descampado pra nos enfiar novamente na mata fechada, passar por mais bananeiras e ter de desviar de um espesso e enorme bambuzal pela direita, onde finalmente tivemos q cruzar o corregozinho q acompanhávamos.

Colunistas
Se vira nos 30
Por

+ PÁSCOA chuvosa em São Bento do Sapucaí
+ TREINOS DE ESCALADA – Indoor
+ JORDAN ROMERO – 13 anos – Rumo ao Everest
+ ENDURANCE CHALLENGE, Mountain Bear, Nova Iorque
+ PROJETO AMBIENTAL – Himalaia
+ PARQUES NATURAIS – Terceirização de Serviços (PNSO)

1 63 64 65 66 67 71